6 - Análise de Capacidade do Processo Multivariado

Você está aqui

Em geral, a qualidade dos processos é avaliada por sua família de características da qualidade e não por apenas uma característica. Na maioria das situações, estas características estão correlacionadas, o que impossibilita sua análise individual. Além disso, também temos a situação em que a mesma característica é medida em diversos pontos de uma mesma peça. Por exemplo, em uma engrenagem do câmbio automotivo medimos seu diâmetro em diversos pontos e, como a engrenagem foi usinada no mesmo processo, estas medidas estão correlacionadas.

O uso de técnicas multivariadas tem se tornado cada vez mais necessárias. Iniciado com Hotelling em 1947, vários outros estudos sobre métodos de controle multivariados foram desenvolvidos. Destes, destacamos Croisser (1988), Lowry, Woodall, Champ e Rigdon (1992), Lowry e Montgomery (1995) e Mason e Young (1999).

Em um procedimento de análise da performance de processos multivariados, temos várias características da qualidade, em que cada uma tem seus limites de especificação. Devido ao efeito da correlação entre as características, surgiu a necessidade de desenvolver métodos para analisar a performance conjunta. Com isso, vários índices multivariados foram desenvolvidos.

Neste módulo vamos apresentar o procedimento utilizado para calcular os índices de performance para processos multivariados.

Análise de Capacidade

Sobre o Portal Action

O Portal Action é mantido pela Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade, com o objetivo de disponibilizar uma ferramenta estatística em conjunto com uma fonte de informação útil aos profissionais interessados.

Facebook

CONTATO

  •  Maestro Joao Seppe, 900, São Carlos - SP | CEP 13561-180
  • Telefone: (16) 3376-2047
  • E-Mail: [email protected]