Índice de Cap. dist. Normal para processo em início de desenvolvimento

Você está aqui

Manual da ferramenta Action sobre Modelo normal com transformação de Box-Cox

Para mais detalhes sobre o conteúdo estatístico Modelo normal com transformação de Box-Cox clique aqui

Quando a distribuição Normal não se adéqua aos dados muitas vezes é útil aplicar a transformação de Box-Cox para obtermos a normalidade.

Para verificar a normalidade dos dados consulte o manual da ferramenta para a seguinte função Testes de Normalidade.

Exemplo:

Considere um processo em início de desenvolvimento, onde coletamos uma amostra de 30 unidades. Estas unidades foram medidas e os dados se encontram na tabela abaixo. Para esse caso temos LSE = 4.

Dados
1,278258
0,017442
1,763441
0,350306
0,499543
0,009417
4,47932
0,096113
1,503284
3,618302
0,19454
1,845016
2,035204
0,992143
0,714152
1,084793
1,195303
1,707286
3,757334
5,958947
1,973829
0,680619
0,088677
0,360242
1,985193
3,193834
4,359103
0,645437
1,003296
0,309148

clique aqui para efetuar o download dos dados utilizados nesse exemplo

Para realizarmos o Índice de Capacidade para Dados Normais, vamos realizar os seguintes passos:

1. Primeiramente vamos acessar o menu como descrito a seguir:

Action  Stat  $ \blacktriangleright $ Ferramentas da Qualidade  $ \blacktriangleright $ Análise de capacidade    $ \blacktriangleright $ Índices de Performance/Capacidade (Dados Normais)

2. A seguinte tela será exibida.

3. No campo Conjunto de Dados selecionemos com o mouse as colunas que contém o conjunto de dados (estes devem ser numéricos).

OBS.: Os dados devem estar separados em colunas, isto é, se o tamanho de cada subgrupo for m devemos ter m colunas de dados. Caso esses dados estejam na mesma coluna então devemos preencher o campo Tamanho do sub-grupo com o respectivo valor.

4. Em Método, selecione dentre as opções Xbar e R, Xbar e S, IM/R e Pooled. No nosso exemplo temos subgrupos de tamanho 1, portanto só podemos escolher o método IM/R.

5. Em Parâmetros, poderemos digitar os valores de Limite Superior, do Limite Inferior ou Alvo. É obrigatório digitar pelo menos um dos limites (superior ou inferior), caso digitemos o limite inferior, por exemplo, os outros parâmetros ficam como opcionais.

6. Em Opções selecionaremos Box-Cox para usarmos a transformação de Box-Cox. Em seguida clicaremos em Selecionar testes, desta forma o campo Testes será ativado e então escolheremos quais testes desejaremos realizar.

7. Em Mostrar Resultados, escolheremos se desejamos que o resultado seja exibido na mesma planilha do conjunto de dados (Célula Atual) ou em uma nova planilha (Nova Planilha).

OBS.: Ao escolher a opção Célula Atual os resultados serão impressos a partir da célula em que se encontra o cursor na janela do Excel. Neste caso, o usuário deve posicionar previamente (antes do passo 1) o cursor em uma posição apropriada.

8. Cliquemos em Ok para concluir a análise e obter os resultados.

Resultados

Finalizado o processo serão exibidos os seguintes resultados:

Logaritmo da função verossimilhança para $ \lambda. $

 

 

 

 

Manual - Ferramentas da Qualidade

Sobre o Portal Action

O Portal Action é mantido pela Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade, com o objetivo de disponibilizar uma ferramenta estatística em conjunto com uma fonte de informação útil aos profissionais interessados.

Facebook

CONTATO

  •  Maestro Joao Seppe, 900, São Carlos - SP | CEP 13561-180
  • Telefone: (16) 3376-2047
  • E-Mail: [email protected]