7.1.2 - Análise gráfica

Você está aqui

O objetivo deste modelo é otimizar a quantidade mínima de flocos de resíduos indesejados na peneira de 45 μm (próximo de zero). Assim, devido à prática e em relação a custos, definimos algumas condições de contorno para as variáveis. A seguir, segue as condições de contorno:

  • APS (D50): entre 11,0 a 20
  • APS (D90): máximo de 28,0.
  • Peneira 45µm: máximo de  0,03 g.
  • Tempo de drenagem: 0 a 30 dias

As variáveis APS (D50) e (D90), representam distribuição granulomética acumulada de resíduo de um certo tipo de material (50% e 90% respectivamente). Já a variável Drenagem, representa o tempo de drenagem, mais especificamente, o tempo em que o material é mantido para secagem. O Damper representa a abertura do sistema para a passagem de material e a corrente a velocidade com o material passa pelo damper. E por fim, a Peneira 45μm representa o quanto sobrou de resíduo indesejado de um certo tipo de material na peneira.

Inicialmente, vamos realizar análises gráficas, afim de ter uma visão geral.

Figura 7.1.2.1: Gráfico da região factível APS D50 x APS D90 fixando as variáveis Damper, Drenagem e Corrente.


Figura 7.1.2.2: Gráfico da região factível APS D50 x APS D90 fixando as variáveis Damper, Drenagem e Corrente.

 

Figura 5.3.2.3: Gráfico da região factível APS D50 x APS D90 fixando as variáveis Damper, Drenagem e Corrente.

 Após a análise dos gráficos das regiões factíveis, observamos que para uma drenagem de 7 dias temos que trabalhar com APS D90 de 23 μm de resíduo, pois com isto chegamos ao limite inferior de 11 μm de resíduo para APS D50. Notamos também que, fixando a drenagem em 7 dias e a corrente em 60, quando aumentamos o damper, aumentamos o APS D50, podendo ser atingir no máximo 15 μm para um damper de 75. Uma observação importante é que devemos avaliar as faixas brancas, pois elas são as regiões equivalentes a peneira de 45μm que retém de 0 a 0,03 g de resíduo indesejado. Porém, fixando a drenagem em 30 dias e a corrente em 60, quando aumentamos o damper de 25 para 50, aumentamos o APS D50 com no máximo de 15 μm de resíduo de material a 50%. Agora, quando aumentamos o damper de 50 para 75, diminuímos o APS D50 atingindo máximo aproximadamente 12 μm.

Outros tipos de gráficos podem ser aplicados para o modelo como os gráficos de contorno e superfície. A seguir, apresentamos alguns gráficos.

Figura 7.1.2.4: Gráfico de contorno (linhas).

Figura 7.1.2.5: Gráfico de contorno (Áreas).


Figura 7.1.2.6: Gráfico da superfície de resposta.

Observe que, pelos gráficos das figuras 5.3.2.4 e 5.3.2.5, fixando a corrente em 50, o APS D50 em 12 μm e APS D90 em 23,1 μm, obtemos para um damper de 30 que a drenagem é livre de 7 a 30 dias para obtermos 0 g na peneira de 45 μm.

 

 

 

 

Sobre o Portal Action

O Portal Action é mantido pela Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade, com o objetivo de disponibilizar uma ferramenta estatística em conjunto com uma fonte de informação útil aos profissionais interessados.

Facebook

CONTATO

  •  Maestro Joao Seppe, 900, São Carlos - SP | CEP 13561-180
  • Telefone: (16) 3376-2047
  • E-Mail: [email protected]