Tabela Cruzada

Você está aqui

A tabela cruzada, também conhecida como tabela de contingência, tem como principal objetivo que uma variável não seja influenciada pela outra, entretanto, em muitos casos esta influência ocorre. Este tipo de influência pode ser vista de dois modos.

A primeira é quando variáveis classificatórias causam uma dependência nos grupos ou populações. Para este tipo de influência, podemos citar um grupo de pessoas com doenças psiquiátricas, em que são classificadas como "atividade retardada" e "atividade não retardada" e que cada grupo pode ser classificado em três categorias, "desordem afetiva", "esquizofrenia" e "neurose". Para este tipo de aplicação queremos testar se o tipo de atividade sofre alguma influência das categorias de doenças psiquiátricas, ou seja, queremos testar se os grupos têm independência em relação as atividades retardadas ou não.

A segunda é usada quando pretendemos saber se os dados associados às categorias de uma das variáveis se comporta de modo homogêneo ou similar nas diversas classes ou populações definidas pelas categorias da outra variável classificatória. Para este tipo de influência podemos citar a efetividade de um medicamento, para isto selecionamos 100 doentes, dentre eles 50 são medicados e os outros 50 recebem um placebo, neste estudo foram verificados os efeitos secundários presentes ou ausentes. Para estes efeitos podemos fazer uma classificação em diversos modos, como por exemplo, se o indivíduo teve ou não uma melhora na doença, ou ainda se obteve uma reação ao tipo de medicamento. Nesta aplicação, queremos testar se o grupo de indivíduos medicados e o grupo de indivíduos que usaram placebo têm comportamentos similares em relação a esses efeitos secundários, isto é, se as populações são homogêneas.

Em geral, uma tabela cruzada r x c é uma matriz de números naturais dispostos em r linhas e c colunas, dessa forma temos rc células para os números. 

Através das tabelas cruzadas é possível classificar os membros de uma população ou grupos dos mais diversos modos, tanto para o teste de homogeneidade, quanto para o teste de independência. Por exemplo, as pessoas podem ser classificadas quanto ao seu sexo, podem ser classificadas em solteiras ou casadas (classificações dicotômicas), classificadas em canhotas, destras ou ambidestras etc. A classificação pode ser feita sobre informações de dados contínuos, basta considerarmos classes de valores desses dados e depois classificarmos relativamente à classe a que pertencem.

De um modo geral, uma tabela cruzada é uma representação dos dados, sejam eles qualitativos ou quantitativos. Quando classificamos de modo bivariado, eles podem ser classificados segundo dois critérios. Caso classificarmos segundo mais de dois critérios estamos no caso multivariado.

Dúvidas sobre esse conteúdo? Comente:

Sobre o Portal Action

O Portal Action é mantido por Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade e por DIGUP - Desenvolvimento de Sistemas e Consultoria Estatística, com o objetivo de disponibilizar uma ferramenta estatística em conjunto com uma fonte de informação útil aos profissionais interessados.

Facebook

CONTATO

  •  Maestro Joao Seppe, 900, São Carlos - SP | CEP 13561-180
  • Telefone: (16) 3376-2047
  • E-Mail: [email protected]